Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \23\UTC 2012

Texto por Gabriella Pieroni;fotos por Mariana Rotili

Na  quarta-feira (18/04) aconteceu a primeira oficina de fibras naturais com matérias primas locais em Angelina A atividade envolveu o Grupo Nosso Espaço e Grupo de Mães e Amigas de Garcia e Coqueiros. A artesã Mirian Abe fez uma apresentação sobre os circuitos de comercialização deste tipo de artesanato mostrando tendências e propondo discussões que valorizam estes trabalhos. Após a apresentação os participantes colocaram a mão na massa com práticas que trabalharam a fibra da bananeira no tear, a taboa na produção de esteiras e a taquara na confecção de balaios.

Mirian Abe foi a facilitadora das atividades que contaram com a coordenação de de Celso Gelsleuchter na transmissão de técnicas de balaio e tipitim e das artesãs dos grupos envolvidos que contribuiram com suas experiências na arte da tecelagem.

 

O momento se revelou uma grande troca de saberes e memórias relacionadas ao passado de subsistência da comunidade, onde esteve muito presente marcas do processo histórico vivenciado por várias gerações desde a colonização.

Esta etapa de oficinas pretende culminar com a exposição dos trabalhos na Feira de Saberes e Sabores do Encontro Ampliado da Rede Ecovida, que deve reunir cerca de 900 agricultores, pesquisadores e técnicos no Centro de Eventos da UFSC entre os dias 28 e 30 de Maio para discutir e vivenciar temas ligados à agroecologia. A participação inédita neste importante evento trouxe novos desafios aos grupos que estão renovando a produção para ganhar o selo da Rede Ecovida nos artesanatos com fibras naturais locais.

As oficinas continuam semanalmente nas sedes dos grupos em Angelina durante todo o mês de Maio.

Anúncios

Read Full Post »

Com 4 encontros em diferentes comunidades da Ilha de Santa Catarina, perfazendo carga horária de 32 horas, o Curso Básico Itinerante de Vídeo terá início no próximo sábado (05/05), no Engenho dos Andrade (Sto. Antonio de Lisboa).

O Curso é organizado pela equipe do Ponto de Cultura Engenhos de Farinha, em parceria com Alex Vailatti (pós-doutorando em Antropologia Visual) e Rafael Boeing (bacharel em cinema e historiador). Ambos tem no currículo experiência em oficinas de vídeo para jovens em contextos diferenciados, a exemplo de comunidades na África do Sul (Alex) e o Centro Cultural Escrava Anastácia, no Maciço do Morro da Cruz em Florianópolis (Rafael).

Da síntese com o Ponto de Cultura, foi traçado um percurso de linguagem que pretende despertar os olhares sobre o urbano e rural, captando as transformações dos espaços e a própria dinâmica de existência dos Engenhos. Das comunidades que sediam os encontros, 3 possuem Engenhos históricos na Ilha de Santa Catarina: Santo Antonio de Lisboa, Costa da Lagoa e Sertão do Peri. A conclusão do curso terá como resultado um vídeo produzido durante os encontros.

 

 

 

Read Full Post »